CALDAS (TIPOS)

Receita de Caldas (Tipos)

 

Calda é uma solução de açúcar em água fervente, que fica mais grossa ou mais rala dependendo da quantidade de açúcar em relação à água.

Dicas de Mãe:

♦  Manusear açúcar em calda pode resultar em queimaduras graves, uma vez que o açúcar atinge temperaturas superiores ás da água a ferver – O ponto mínimo do açúcar ( Calda rala), atinge uma temperatura de 101º, enquanto o  Ponto de Caramelo pode atingir os 150º!
♦  Ao entrar em contacto com a pele, as caldas de açúcar “colam-se” à pele, e é por isso quase impossível não sofrer uma queimadura.
♦  Muito cuidado com os respingos ao mexer.
♦  Muito cuidado com uma fervura alta e borbulhante.
♦  Dissolva sempre o açúcar na água antes de levar ao fogo.
♦  Para evitar a cristalização da calda, após adicionar água ao açúcar, com a ajuda de um pincel de cozinha umedecido, retire os cristais de açúcar que estiverem nas laterais da panela.

Calda rala: a proporção é de 1 ¼ xícara de açúcar para 2 ½ xícaras de água

Calda média: 2 xícaras de açúcar para 2 ½ xícaras de água.

Calda grossa: 2 ½ xícaras de açúcar para 2 ½ xícaras de água.

De acordo com o tempo de cozimento, a calda perde mais ou menos água, ficando mais ou menos concentrada e com características diferentes que se chamam pontos de calda.

Caramelo:

Numa panela, leve somente o açúcar ao fogo e deixe se derreter até ganhar a cor dourada. Depois acrescente aos poucos a quantidade de água indicada na receita, mexendo sempre até o açúcar se dissolver. A proporção ideal é, para cada xícara de açúcar, 1/4 de xícara de água. Lembre-se de que, quanto mais cozinhar, mais grossa ficará a calda.
Para obter o caramelo, faz-se a calda de açúcar queimado, derretendo-o em fogo brando até tomar uma cor dourada. Ainda quente, pode envolver doces pastosos e frutas, forrar fôrmas para pudim: essa técnica se chama caramelar. Depois de frio o caramelo fica vitrificado e pode ser usado para decorar cremes, sorvetes, tortas, etc.

Ponto de fio fino:

Ponha uma xícara de açúcar e meia de água na panela e deixe no fogo por 17 minutos. Retire uma pequena quantidade, deixe esfriar e pegue com o polegar e o indicador, afastando-os em seguida. Estará no ponto ao se formar um fio fino e firme ou quando a calda puxada com um garfo forma longos fios finos, à medida que vai esfriando no ar.

Ponto de fio forte:

Deixe a calda engrossar um pouco mais do que para o fio fino. Retire uma pequena quantidade, deixe esfriar e pegue com o polegar e o indicador, afastando-os em seguida. Estará no ponto ao se formar um fio grosso e resistente.

Ponto de bala mole:

Deixe a calda no fogo por apenas oito minutos. Com uma colher, pegue um pouco e ponha em um recipiente com água fria. Estará no ponto quando, ao retirá-la da água, se formar uma bola que perde a forma ou quando um pingo da calda em água formar uma bola macia ao ser apertada entre os dedos.

Ponto de bala dura:

Deixe a calda no fogo por 13 minutos. Ponha um pouco em um recipiente com água fria. Com a ponta dos dedos, retire da água e faça uma bolinha. Estará no ponto se a bolinha mantiver a forma.

Ponto de Pérola e mel:

Pérola é quando a calda, após cinco minutos de fervura, cai em fio formando uma bolinha na ponta; deixe a calda escorrer ao longo de uma colher de pau invertida e observe se ela forma uma pequena bola na extremidade da colher. O de mel é obtido quando a calda começa a engrossar e, ao ser friccionada com os dedos, tem a consistência semelhante à do mel.

Ponto de espelho:

É quando a calda no cabo da colher fica transparente, dura e quebradiça depois de mergulhada em água fria.
FONTE: http://www.receitasdemae.com.br

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s