AS CRIANÇAS E AS VERDURAS

 

 

 

Uma Pesquisa sobre Hábitos Alimentares na Infância e Adolescência, (Estudo Enkid, 1998-2000) em que participaram mais de 3500 indivíduos com idades compreendidas entre os 2 e os 24 anos, informou que o consumo de frutas e verduras entre as crianças e adolescentes é insuficiente, o que não é novidade apesar da sua transcendência.

Um plano dietético equilibrado permite às crianças alcançar o seu crescimento e o seu potencial de desenvolvimento máximos. Além disso, ajuda-as a evitar doenças importantes na idade adulta. Portanto, há que apostar em educar as crianças em sabores diferentes e variados, que lhes permitam desfrutar de uma alimentação rica, variada e saudável.

Embora as preferências pelos alimentos devam ser respeitadas, e se devam ter em conta ao planear os menus, não se deve permitir que seja sempre a criança a ditar os pratos a serem confeccionados. Se a gama dos alimentos que se incluem nos menus familiares for ampla, a criança tem mais possibilidades de variar e é muito mais fácil que aceite um maior número de alimentos.

Pelo contrário, se os hábitos alimentares familiares se afastam das recomendações quanto à frequência de consumo de alimentos ou incluam uma escassa variedade (apenas dois ou três tipos de verduras e/ou frutas), torna-se difícil para a criança entender que deve comer de tudo. O exemplo dos costumes alimentares que tenha em criança marcará, com quase toda a segurança, os seus hábitos alimentares para o resto da vida.

Como fazer para que comam… e gostem!

 

 

Os seguintes conselhos podem ajudá-lo a aumentar o consumo destes alimentos em todas as refeições dos seus filhos.

¸ Boa apresentação e coloridos que reforcem o atractivo. É um incentivo para crianças e jovens. Chama mais a sua atenção e torna-se mais apetitoso.

¸ Procure que o seu filho comece o dia comendo frutas. Um copo de sumo de fruta variada dar-lhe-á um começo de dia delicioso e energético e, além disso, acrescentará uma boa quantidade de fibras, vitaminas e minerais, e nada de gorduras.

¸ Meta-lhe sempre na mochila uma maçã, uma laranja, uma pêra, uma banana ou um saquinho de frutos secos.

¸ Mantenha as frutas e os vegetais ao seu alcance. Assegure-se de que estão visíveis quando a criança abrir o frigorífico. Se os vir, é mais possível que os coma.

¸ Junte frutas e verduras cortadas ou em puré a outros pratos. Por exemplo: pudim de espinafres e queijo, esparguete com cogumelos, arroz com verduras…Utilize as verduras picadas muito finas ou raladas.

¸ Utilize puré de verduras para engrossar sopas e acrescentar sabor.

¸ Prepare sobremesas doces com hortaliças (tarte de cenouras, bocadinhos de abóbora doce…) ou com frutas (biscoitos recheados com fruta, pastéis de maçã, iogurte gelado com kiwi, morangos, etc.).

¸ Corte os vegetais em formas curiosas. Torna-os mais apetecíveis.

FONTE: http://hortaemapartamento.blogspot.com/

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s